Ecossistema

Cinco dicas básicas para a codificação clínica da Covid-19

DRG Brasil
Postado em 8 de junho de 2020 - Atualizado em 12 de junho de 2020

Você pediu, o DRG Brasil e a SBAIS atenderam: veja de forma resumida as principais orientações do Manual Diretrizes de Codificação COVID-19 e entenda como codificar pacientes internados com diagnóstico da doença.

Dica número 1

Para um diagnóstico confirmado, atribua o código U07.1 - COVID-19.

Dica número 2

Quando a COVID-19 atender à definição de diagnóstico principal, o código U07.1 - COVID-19, deverá ser sequenciado primeiro, seguido pelos códigos apropriados para as manifestações associadas (pneumonia, bronquite aguda, infecção respiratória aguda, síndrome do desconforto respiratório agudo), exceto no caso de pacientes obstétricos, na gravidez, parto e puerpério ou neonatos.

Dica número 3

Para pacientes obstétricos, na gravidez, parto e puerpério os códigos do Capítulo XV possuem prioridade no sequenciamento:

- Durante a gravidez, o parto ou o puerpério, uma paciente admitido em função de COVID-19 deve receber o código principal de diagnóstico O98.5 - Outras doenças virais que complicam a gravidez, o parto e o puerpério, seguidas por código U07.1 - COVID-19 e os códigos apropriados para as manifestações associadas.

Dica número 4

Para pacientes neonatos, os códigos do Capítulo XVI possuem prioridade no sequenciamento:

- Para os neonatos, o CID U07.1 só poderá ser utilizado como CID secundário. A codificação continua seguindo as regras habituais onde a prioridade é identificar o peso e a idade gestacional (prematuridade ou não prematuridade).

Dica número 5

Para pacientes que apresentam sinais / sintomas associados à COVID-19 (como febre etc.), mas não foi estabelecido um diagnóstico definitivo, atribua o código apropriado para cada um dos sinais e sintomas apresentados e o código U07.2 - COVID 19 suspeito como código adicional.

Ainda tem dúvidas de como realizar a codificação clínica da Covid-19? Envie sua pergunta para a Sociedade Brasileira de Analistas de Informação em Saúde (SBAIS), clicando aqui.

Posts Relacionados

Tania Grillo é presença confirmada no I Congresso Brasileiro de Auditoria e Gestão de Produtos para Saúde OPME-DMI

Ecossistema
10 de maio de 2022
leia agora

Curso da ONA sobre Governança Clínica Baseada em Valor terá cofundadores da plataforma Valor Saúde Brasil como professores

Ecossistema
2 de maio de 2022
leia agora

Gestão de custos: como estruturar centros de custos nos hospitais?

Ecossistema
20 de abril de 2022
leia agora

(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital