Modelo Assistencial

Tempo de espera do paciente: como diminuir

DRG Brasil
Postado em 23 de maio de 2024

O tempo de espera do paciente não é apenas uma espera; é um reflexo da eficiência dos serviços hospitalares e da satisfação do paciente. Neste artigo, traremos dados que destacam a urgência em aprimorar os modelos assistenciais dos hospitais e os modelos remuneratórios dos médicos. 

A integração de tecnologias é fundamental para superar o desafio central na experiência do paciente, que é o tempo de espera. Boa leitura!

O que o tempo de espera do paciente pode revelar para a instituição de saúde?

O tempo que um paciente passa aguardando atendimento não apenas reflete sua experiência, mas também revela muito sobre a eficiência dos serviços prestados pelos hospitais e a satisfação dos pacientes. 

Uma pesquisa conduzida pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de São Paulo destaca que 54% dos pacientes apontam o tempo de espera como o principal problema ao buscar assistência médica.

Como diminuir o tempo de espera do paciente?

O tempo de espera no atendimento médico é um desafio enfrentado por muitas instituições de saúde. Para reduzi-lo, é necessário adotar estratégias eficazes que otimizem os processos e melhorem a experiência do paciente. Aqui estão algumas dicas importantes:

1. Organização

A chave para resolver a maioria dos problemas de atendimento é a organização. Portanto, é imprescindível que tanto a recepção quanto os médicos estejam preparados para o fluxo de pacientes. Organizar o dia de trabalho com antecedência ajuda a otimizar o tempo e a evitar atrasos.

2. Estruturação dos processos

Mapear os processos é o primeiro passo para identificar e resolver os gargalos operacionais que contribuem para o aumento do tempo de espera. Reestruturar as práticas de recepção e encaminhamento dos pacientes é essencial para diminuir o tempo de permanência na clínica.

3. Qualificação dos profissionais

Investir na qualificação dos profissionais de saúde é fundamental para garantir um atendimento ágil e humanizado. Recepcionistas, triadores e médicos devem estar capacitados para oferecer um serviço de qualidade e seguir os protocolos estabelecidos.

4. Incentivo à pontualidade

Tanto médicos quanto pacientes precisam ser incentivados a cumprir os horários agendados. A pontualidade é fundamental para evitar atrasos e manter o fluxo de atendimento organizado. É importante estabelecer políticas claras sobre a pontualidade e suas consequências.

5. Monitoramento de resultados

O monitoramento constante das métricas relacionadas ao tempo de espera é essencial para identificar áreas de melhoria. Avaliar o impacto de cada medida adotada permite ajustar os processos e garantir uma experiência satisfatória para o paciente.

6. Fluxo de pacientes

É crucial que a equipe administrativa tenha controle total sobre o fluxo de pacientes. Traçar uma média de tempo para cada atendimento e ter uma margem de segurança para imprevistos contribui para uma recepção mais eficiente e confortável para os pacientes.

7. Aprimoramento dos modelos remuneratórios

A remuneração baseada em valor é um método de remuneração que prioriza os resultados. Ao invés de salários fixos ou pagamentos por hora, a recompensa está ligada à entrega de valor em saúde.

Portanto, essa abordagem busca equilibrar a satisfação do paciente com diversos aspectos, como a qualidade da experiência assistencial, a eficácia dos tratamentos e a gestão adequada dos custos ao longo do processo de cuidado.

Esse sistema motiva médicos e instituições de saúde a buscarem resultados positivos para os pacientes, e pode ser adaptado conforme as necessidades específicas de cada hospital, incluindo aqueles do Sistema Único de Saúde (SUS).

O sistema de remuneração baseada em valor traz vantagens significativas para hospitais, profissionais e pacientes. Vejamos:

  1. Redução de glosas: Ao incentivar a entrega de resultados assistenciais eficazes, esse modelo reduz discrepâncias nas cobranças, minimizando as negações de pagamento pelos planos de saúde devido a divergências na cobertura ou documentação.
  2. Impacto financeiro positivo: Ao vincular o lucro ao valor entregue, o modelo promove eficiência e controle de desperdícios, incentivando a produtividade da equipe para oferecer serviços de maior qualidade, resultando em benefícios financeiros para o hospital.
  3. Estímulo à economia compartilhada: Incentiva a colaboração entre profissionais de saúde e planos de saúde para alcançar os melhores resultados, aumentando a eficiência e a qualidade do atendimento e aprimorando a experiência do paciente.
  4. Controle do aumento da sinistralidade: Ao promover resultados eficientes, reduz a necessidade de procedimentos desnecessários, controlando o aumento dos custos gerais dos planos de saúde.
  5. Melhoria da qualidade assistencial: Ao priorizar a entrega de resultados de alta qualidade em vez de focar apenas no volume de atendimento, o modelo promove uma melhor experiência do paciente e resultados mais positivos em saúde.

A plataforma Valor Saúde Brasil by DRG Brasil + Inteligência Artificial é uma ferramenta tecnológica indicada para instituições de saúde interessadas em adotar o modelo remuneratório baseado em valor.

Portanto, reduzir o tempo de espera do paciente requer um esforço conjunto para melhorar os processos, qualificar os profissionais e investir em tecnologias que otimizem a gestão da saúde. Essas medidas não apenas diminuem o tempo de espera, mas também melhoram a qualidade do atendimento e a satisfação dos pacientes.

Quer saber sobre a plataforma Valor Saúde Brasil? Então acesse https://www.drgbrasil.com.br/


Crédito/imagem: Drazen Zigic by iStock

Posts Relacionados

Unimed Uberlândia usa DRG Brasil para oferecer remuneração baseada em valor aos cooperados

Modelo Remuneratório
12 de junho de 2024
leia agora

Risco positivo na área da saúde: o que é e como aproveitar na gestão de riscos

Modelo Assistencial
7 de junho de 2024
leia agora

Unimed Maringá alcança média de permanência menor do que a previsão feita pelo DRG Brasil em duas linhas de cuidado

Modelo Assistencial
28 de maio de 2024
leia agora
QMS Certification

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.


(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital