Modelo Assistencial

Cultura de dados: como gerar em hospitais e operadoras de saúde

DRG Brasil
Postado em 26 de janeiro de 2024 - Atualizado em 13 de maio de 2024

No cenário da saúde, onde a precisão das decisões é primordial, surge uma necessidade de incorporar uma cultura de dados robusta em hospitais e operadoras, afinal dados são fundamentais para orientar as organizações na tomada de decisões  

Neste artigo, você vai ver a importância e os benefícios da adoção de uma cultura de dados e como a plataforma Valor Saúde Brasil by DRG Brasil + Inteligência Artificial gera dados valiosos para instituições de saúde..

O que é cultura de dados?

A cultura de dados representa um conjunto de crenças e comportamentos coletivos dentro de uma organização que permite que as pessoas priorizem, promovam e incentivem o uso efetivo de dados para aprimorar os processos decisórios. 

Essa abordagem visa integrar os dados não apenas nas operações cotidianas, mas também na mentalidade e na identidade da instituição, transformando a maneira como as equipes encaram e utilizam as informações disponíveis.

Em essência, uma cultura de dados cria um ambiente que favorece todos os membros da organização, afinal com as informações necessárias é possível enfrentar os desafios mais complexos de maneira fundamentada em dados sólidos. 

A importância dessa cultura reside na criação de um ambiente no qual os dados não são apenas vistos como um recurso, mas como uma peça chave para a inovação, a eficiência e o sucesso organizacional.

Transformação digital na saúde e a necessidade de uma cultura orientada para dados

A crescente digitalização tem se estendido a diversos setores, e na área da saúde, a transformação digital impulsiona a eficiência e a qualidade. O setor, está agora incorporando intensivamente o uso de dados e tecnologias avançadas, como Inteligência Artificial, Big Data e Machine Learning. 

Essas inovações não apenas combatem a ineficiência e o desperdício, mas também introduzem uma abordagem baseada em dados para aperfeiçoar a gestão e o atendimento ao paciente.

No mundo atual, aproximadamente 97% das empresas, incluindo aquelas no setor de saúde, estão investindo em tecnologias de Big Data, preparando-se para um ambiente gerido por dados e fatos. A importância dessa mudança é especialmente evidente na área da saúde, onde a margem para erros é mínima e deve ser reduzida a todo custo. 

A cultura orientada para dados fornece respostas objetivas e claras para desafios complexos, beneficiando desde processos automatizados até o mais alto nível de gestão. Os benefícios dessa abordagem na área da saúde são significativos e estão intrinsecamente ligados às tecnologias emergentes:

  • Desenvolvimento e acompanhamento de métricas: a cultura de dados apoia o uso de métricas de desempenho, fornecendo insights sobre pontos fortes e fracos em diversas operações na área da saúde.
  • Embasamento de projetos: a abordagem orientada para dados simplifica a apresentação de projetos de investimento em novas tecnologias e expansão, permitindo que gestores justifiquem suas propostas com relatórios embasados em números e evidências.
  • Decisões mais assertivas: gestores, munidos de dados qualificados, conseguem tomar decisões mais assertivas, orientando ações que impactam positivamente processos internos, como o gerenciamento de capacidade.
  • Simplificação e agilidade nas tarefas: além de beneficiar gestores, a cultura data-driven também simplifica e agiliza tarefas para equipes médicas, permitindo o uso de algoritmos alimentados por Inteligência Artificial para diagnósticos mais precisos, como no caso de doenças com sintomas similares.

A incorporação dessas tecnologias, aliadas ao uso de algoritmos e inteligência artificial para previsões de custos e desfechos, traz resultados tangíveis em organizações de saúde. A transformação digital na saúde não é apenas uma evolução tecnológica, mas uma mudança cultural que fortalece a capacidade do setor em fornecer serviços mais eficientes, personalizados e centrados no paciente.

Desafios na implementação da cultura de dados em hospitais e operadoras

Para que hospitais e operadoras de saúde alcancem com sucesso a implementação de uma cultura de dados, é preciso superar alguns desafios:

1. Falta de foco

Um dos maiores obstáculos na implementação de uma cultura de dados reside na ausência de objetivos específicos. É crucial definir metas claras e mapear os processos internos da instituição. 

A falta de uma abordagem estratégica pode dificultar a adesão efetiva das novas soluções, comprometendo benefícios esperados, como maior produtividade da equipe e satisfação dos pacientes.

2. Resistência à mudança

A resistência à mudança por parte dos profissionais é um desafio comum durante a digitalização. Profissionais de gestão, atendimento e corpo clínico podem demonstrar receios ou resistência diante das transformações. 

Nesse contexto, é essencial avaliar o nível de abertura da equipe, esclarecer dúvidas sobre o processo e destacar as vantagens da adaptação, visando uma transição suave.

3. Processamento de dados

O processamento eficiente de dados é um ponto crítico, especialmente considerando a vasta quantidade de informações presentes nos serviços de saúde, como laudos, exames e prontuários. 

A falta de capacidade para coletar, processar e armazenar dados, bem como integrá-los aos fluxos de trabalho, pode representar um gargalo significativo no caminho para uma cultura de dados eficaz.

4. Preocupação com segurança da informação

A segurança da informação é uma preocupação central, dada a sensibilidade dos dados dos pacientes e das instituições de saúde. Para mitigar riscos de vazamentos, é crucial implementar tecnologias dedicadas à área médica que garantam a segurança e a privacidade das informações, estabelecendo padrões rigorosos de proteção de dados.

5. Interoperabilidade

No processo de transformação digital na saúde, é comum a utilização de uma variedade de sistemas e recursos. Isso pode resultar na dispersão de informações e dados, comprometendo a eficácia da cultura de dados. 

A integração adequada desses sistemas é essencial para garantir que as informações estejam alinhadas e acessíveis em todos os pontos necessários da instituição.

Ao enfrentar e superar esses desafios, hospitais e operadoras estarão mais preparados para incorporar uma cultura de dados efetiva, impulsionando a qualidade dos serviços, a eficiência operacional e, em última análise, a entrega de cuidados de saúde mais eficazes e centrados no paciente.

A importância da plataforma Valor Saúde Brasil na cultura de dados

No âmbito da implementação de uma cultura de dados em hospitais e operadoras de saúde, a plataforma Valor Saúde Brasil destaca-se como uma ferramenta que promove a eficiência, a  segurança assistencial e a entrega de valor em saúde.

A plataforma Valor Saúde Brasil usa machine learning e algoritmos de inteligência artificial para fornecer dados fundamentais para a gestão de sistemas de saúde, como previsão do tempo de internação de cada paciente, dos recursos que serão utilizados para cada tratamento e a identificação de locais onde estão ocorrendo desperdícios, entre outros aspectos cruciais. 

Com esses dados, as instituições conseguem aprimorar a experiência dos pacientes, aumentar a qualidade assistencial e reduzir desperdícios.

Além disso, a plataforma possibilita ter os dados necessários para remunerar médicos e hospitais de acordo com os resultados assistenciais e econômicos alcançados em cada tratamento. 

Isso permite a implantação de modelos remuneratórios inovadores, como o bundle, bônus baseado em valor, compartilhamento de economias (shared saving), capita e orçamento. Bons resultados são recompensados, incentivando altos desempenhos. Conheça a plataforma Valor Saúde Brasil e oriente sua instituição de saúde para os dados.


Crédito/imagem: ipopba by iStock

Posts Relacionados

Risco positivo na área da saúde: o que é e como aproveitar na gestão de riscos

Modelo Assistencial
7 de junho de 2024
leia agora

Unimed Maringá alcança média de permanência menor do que a previsão feita pelo DRG Brasil em duas linhas de cuidado

Modelo Assistencial
28 de maio de 2024
leia agora

Tempo de espera do paciente: como diminuir

Modelo Assistencial
23 de maio de 2024
leia agora
QMS Certification

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.


(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital