Modelo Assistencial

Hospital Unimed Erechim adota bonificação por desempenho e melhora giro de leito com uso da plataforma Valor Saúde Brasil

DRG Brasil
Postado em 26 de setembro de 2023 - Atualizado em 7 de maio de 2024

Médicos cooperados recebem uma bonificação de 10% quando cumprem as metas assistenciais traçadas com base nas previsões assistenciais da ferramenta.

O Hospital Unimed Erechim paga uma bonificação por desempenho usando os dados gerados pela plataforma Valor Saúde Brasil by DRG Brasil + Inteligência Artificial. 

Os médicos cooperados recebem uma bonificação de 10% quando cumprem as metas assistenciais traçadas com o uso da ferramenta. Essa mudança contribuiu para uma melhora no giro de leitos e na taxa de ocupação, que passou de 1.225 internações em 2018 para 2.945 em 2022. 

Veja a história completa a seguir! O case foi apresentado pela Alessandra Sonda, Gerente de Desenvolvimento, Serviços Próprios e Inovação da Unimed Erechim, na Jornada Valor em Saúde Brasil 2022.

Assista ao case

Sobre a Unimed Erechim

Pioneira no Rio Grande do Sul, a Unimed Erechim tem 51 anos de história e 24 mil clientes em sua carteira. Ao todo, a operadora conta com 7 serviços próprios:

  • Hospital Unimed Erechim
  • Laboratório de Análises Clínicas
  • Centro de Diagnóstico por Imagem
  • Clínica de Fisioterapia
  • Serviço de Medicina Preventiva
  • Farmácias
  • Saúde Ocupacional

Além disso, a Unimed Erechim conta com uma rede prestadora formada por:

  • 13 hospitais
  • 59 clínicas de diagnóstico
  • 5 clínicas de fisioterapia
  • 17 laboratórios de análises clínicas

A operadora se encontra na cidade de Erechim/RS e atende 35 municípios, que juntos possuem cerca de 250 mil habitantes.

Sobre o Hospital Unimed Erechim

Fundado em 21 de outubro de 2017, o Hospital Unimed Erechim atende pacientes clínicos e cirúrgicos com uma infraestrutura formada por:

  • 44 leitos
  • 3 salas cirúrgicas
  • 1 sala de recuperação
  • Quartos privativos e semi privativos
  • Centro de Terapia Intensiva (CTI)
  • Ambulatório regulado

O hospital atende procedimentos de pequena e média complexidade, realiza acompanhamento familiar de maneira integral, trabalha com alta humanizada e oferece o Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) para auxiliar na desospitalização.

No Hospital Unimed Erechim, a gestão hospitalar se baseia em três pilares: 

  1. Qualidade assistencial: voltada, principalmente, para a segurança do paciente.
  1. Gestão de custos: para um controle efetivo de desperdícios.
  1. Experiência do paciente: ações de governança clínica que valorizam, em primeiro lugar, os colaboradores - que são os responsáveis pela garantia de uma experiência mais completa, segura e tranquila para os pacientes.

Todos esses pilares ajudam o Hospital Unimed Erechim a cumprir o seu objetivo de entregar valor em saúde - ou seja, oferecer os resultados que importam pelo menor custo, sem desperdícios, e aprimorar a experiência do paciente.

Implantação da plataforma Valor Saúde Brasil no Hospital Unimed Erechim

Ainda nos primórdios da instituição, o Hospital Unimed Erechim já buscava estratégias para aumentar a eficiência do giro de leitos, diminuir as condições adquiridas hospitalares e as reinternações não planejadas, para reduzir a sinistralidade da Unimed Erechim. 

Para tanto, a instituição identificou a necessidade de remunerar os médicos cooperados de uma forma que eles contribuíssem, ainda mais, com a entrega de valor e começou a procurar uma alternativa para o modelo “fee-for service”.

Com o intuito de mudar sua forma de remunerar e, consequentemente, melhorar seus resultados assistenciais e econômicos, a instituição optou pelo uso da plataforma Valor Saúde Brasil by DRG Brasil + Inteligência Artificial em 2018. Alguns objetivos foram traçados:

  • Estimular os médicos cooperados a utilizarem os serviços próprios da Unimed Erechim
  • Realizar uma bonificação aos médicos que alcançassem as metas propostas pelo projeto
  • Criar um modelo assistencial de qualidade e excelência conectado ao novo modelo remuneratório, buscando sempre a eficiência operacional

Hoje, o uso da plataforma Valor Saúde Brasil está inserido no planejamento estratégico da Unimed Erechim para garantir a sustentabilidade da operadora. As metas do projeto são:

  1. Aumentar o giro de leitos do Hospital Unimed Erechim
  2. Diminuir as readmissões não planejadas
  3. Realizar o pagamento baseado no modelo tradicional, mas adicionando bonificação por performance, com o apoio dos dados gerados pela plataforma Valor Saúde Brasil - os médicos cooperados recebem uma bonificação de 10% quando cumprem as metas traçadas com base nas previsões assistenciais disponibilizadas pela ferramenta. Os que não cumprem não são prejudicados, apenas não recebem a bonificação.

Como se deu a implantação do Projeto DRG?

A implantação do Projeto DRG no Hospital Unimed Erechim começou em 2018, com a capacitação do time. Já em 2019, a instituição contratou uma enfermeira para se dedicar exclusivamente ao DRG, além de um médico focado na interpretação dos prontuários, na codificação e na análise de resultados.

Nos anos de 2020 e 2021, o hospital realizou as codificações e, após esse momento, em junho de 2021, deu início ao “Projeto Piloto” do DRG (a fase 1). Em 2022, deram início ao processo de importação automatizada de dados. Além disso, em janeiro, a instituição deu início à fase 2 do projeto, codificando e analisando pacientes cirúrgicos.

Em julho de 2022, o próximo passo foi dado: iniciou-se a fase 3 do projeto, com a análise dos pacientes clínicos e cirúrgicos. Para 2023, há outras etapas programadas.

Conheça as etapas do processo de implantação do DRG

A implantação do Projeto DRG foi dividida em duas etapas: sensibilização do médico cooperado e implantação propriamente dita.

Sensibilização com o médico cooperado

Na etapa de sensibilização, o Hospital Unimed Erechim precisou desdobrar o DRG Brasil para levar conhecimento sobre o método para os médicos cooperados. 

As ações implementadas nessa etapa foram:

  • Consultoria com um médico consultor do DRG Brasil
  • Reuniões com os médicos cooperados para compartilhar informações sobre o DRG
  • Envio de cartas e mensagens aos médicos para que todos se familiarizassem com o assunto
  • Divulgação do projeto por meio do informativo de governança corporativa
  • Reuniões individuais com a enfermeira do DRG

Além disso, a instituição lançou uma cartilha intitulada “Eu coopero, sou DRG” com informações sobre o método: de onde surgiu, vantagens, quais são os alvos que o DRG trabalha etc. Tudo isso de forma simples e objetiva para familiarizar, ainda mais, o médico cooperado com o assunto. 

Fases de implantação do projeto

Como explicamos, a segunda etapa do projeto foi a implantação propriamente dita, que se dividiu em quatro fases. 

Fase 1

A fase 1 ganhou o nome de “Projeto Piloto” e envolveu a análise do DRG 263: Ligadura e Remoção de Veia, que é um procedimento simples de varizes.

Dessa forma, a instituição avaliou 17 procedimentos, dos quais 11 cumpriram a permanência prevista. Contudo, não houve bonificação, porque a instituição ainda não estava remunerando por desempenho. O indicador avaliado foi o tempo previsto de internação do Percentil 75, no período de julho a dezembro de 2021.

Todo esse esforço permitiu a identificação de algumas dores e a qualificação do Projeto DRG - um processo marcado pela valorização de indicadores de qualidade assistencial e pela remuneração baseada em valor.

Não foram registrados ganhos financeiros nesse primeiro momento, mas o conhecimento sobre a metodologia DRG foi amplamente disseminado, assim como a aplicabilidade do método no contexto da instituição. Isso possibilitou a expansão do projeto para a fase 2.

Fase 2

Já na fase 2, a instituição realizou as codificações e análises de todos os procedimentos cirúrgicos eletivos realizados no Hospital Unimed Erechim. Nessa fase, o indicador avaliado também foi o tempo previsto de internação do Percentil 75, no período de janeiro a junho de 2022.

A instituição manteve o modelo remuneratório “fee-for service”, mas adicionou uma bonificação de 10% para os médicos cooperados que cumprissem as metas assistenciais

No total, foram analisados 245 prontuários, dos quais 177 (72,2%) atingiram a meta de permanência. Apenas 68 procedimentos (27,7%) não atingiram essa meta. 

Quanto à remuneração por desempenho, entre janeiro e junho de 2022, o valor total da bonificação foi equivalente a R$57.271,16 para 66 médicos de 12 especialidades distintas

Fase 3

Trata-se da fase de implantação na qual o Hospital Unimed Erechim se encontra atualmente. Nessa fase, tanto os pacientes cirúrgicos quanto os pacientes clínicos são codificados. O Percentil 75 ainda é usado como referencial comparativo.

Além disso, o hospital incentiva o envolvimento coletivo das equipes assistenciais, ampliando o trabalho do DRG com a capacitação de enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Nessa fase, a instituição também implementou e fortaleceu o processo de alta segura, que se inicia com a entrada do paciente no hospital. Com a consolidação da alta segura, os médicos cooperados do Hospital Unimed Erechim têm sentido mais confiança na equipe do DRG.

Resultados alcançados pelo Hospital Unimed Erechim

Um dos principais resultados alcançados pelo Hospital Unimed Erechim com o Projeto DRG, além da economia gerada pelo uso eficiente do leito hospitalar, foi o aumento da taxa de ocupação, passando de 1.225 internações em 2018 para 2.945 internações em 2022.

Além disso, os médicos estão sendo incentivados a:

  • Preencher corretamente o CID principal e secundário
  • Escrever de forma legível os dados pessoais do paciente
  • Incluir o histórico prévio de comorbidades no prontuário
  • Descrever os procedimentos realizados

Para a fase 4 da implantação do DRG no Hospital Unimed Erechim, a instituição estabeleceu as seguintes metas:

  • Manter a codificação e análise
  • Manter a codificação e análise dos procedimentos clínicos e cirúrgicos no Hospital Unimed Erechim
  • Evoluir para Percentil 50 ao invés Percentil 75 na permanência média prevista
  • Envolvimento coletivo das equipes/especialidades 
  • DRG aliado ao projeto alta segura 
  • Ampliação dos indicadores 
  • Não readmissão em 30 dias pelo mesmo motivo da internação anterior ou devido a complicações relacionadas à internação anterior 
  • Plano de aplicabilidade: a partir de janeiro de 2023 
  • Evoluir a bonificação do médico cooperado de 10% no Percentil 75 para 20% no Percentil 50

Assim como o Hospital Unimed Erechim, hospitais de todo o Brasil estão alcançando resultados positivos com o apoio da plataforma Valor Saúde Brasil powered by DRG Brasil + Inteligência Artificial. Confira depoimentos de alguns deles:

Se você quiser saber mais sobre a ferramenta, fale com um dos nossos especialistas!


Crédito/imagem de capa: PeopleImages by iStock

Posts Relacionados

Tempo de espera do paciente: como diminuir

Modelo Assistencial
23 de maio de 2024
leia agora

Como aumentar a produtividade de equipes assistenciais em hospitais?

Modelo Assistencial
16 de maio de 2024
leia agora

Hospital Santo Antônio usa DRG Brasil para melhorar atendimento nas linhas de cuidado de pacientes com asma e sepse

Modelo Assistencial
3 de maio de 2024
leia agora
QMS Certification

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.


(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital