Modelo Assistencial

Qual a relação de valor em saúde com a metodologia DRG?

DRG Brasil
Postado em 12 de maio de 2023 - Atualizado em 18 de maio de 2023

A medicina baseada em valor é um método que prioriza o paciente e sua experiência, e vale a pena entender como ela funciona.

Dessa forma, gestores e instituições de saúde poderão não apenas fornecer o melhor serviço possível, como também obter benefícios como redução de custos e a experiência positiva do paciente e toda a sua família.

No entanto, antes de implementar essa abordagem, é essencial entender os desafios enfrentados e as ferramentas que contribuem para sua efetividade.

Confira essas e outras informações no conteúdo que preparamos, e saiba porque considerar a medicina baseada em valor na sua instituição de saúde.

O que é medicina baseada em valor?

A medicina baseada em valor é um modelo de cuidados de saúde que se concentra em melhorar os resultados dos pacientes enquanto controla os custos relacionados à assistência.

Para isso, utiliza dados, evidências e métricas para avaliar a eficácia de tratamentos, procedimentos e intervenções médicas, a fim de determinar qual é o tratamento certo, na hora certa, com os recursos certos e durante o tempo certo para o paciente.

Nesse caso, valor é definido como o resultado que importa para o paciente dividido pelo custo total do tratamento, levando em consideração os 4 alvos assistenciais:

1. Uso eficiente do leito hospitalar

2. Aumento da segurança assistencial

3. Redução de internações evitáveis

4. Redução de readmissões preveníveis

Para atingir esse valor, é necessário contar com a colaboração entre profissionais de saúde e os indivíduos atendidos, que determinam qual caminho fornecerá o melhor resultado pelo custo adequado ao tratamento.

Vale reforçar que nem todos os procedimentos são igualmente eficazes ou necessários para todos os pacientes. Por esse motivo, a medicina baseada em valor é versátil, e se modifica com base nas informações coletadas.

Assim, também incentiva a utilização de tecnologias de informação e comunicação para elaborar as melhores práticas e assegurar o atendimento individual adequado.

Benefícios da medicina baseada em valor

A medicina baseada em valor oferece vários benefícios para pacientes, profissionais de saúde, hospitais e operadoras, especialmente pela redução de custos e aumento da qualidade assistencial.

Uma vez que essa abordagem coloca o foco em melhorar os resultados, é possível obter desfechos mais assertivos e ter uma maior satisfação por parte do indivíduo.

Simultaneamente, diminui desperdícios ao evitar tratamentos desnecessários e ineficazes, direcionando os recursos para intervenções que ofereçam maior benefício aos pacientes.

Ainda, a medicina baseada em valor também ajuda na tomada de decisões, uma vez que foca no paciente, utilizando informações precisas ao traçar o curso do atendimento.

De modo geral, esse método incentiva a inovação em saúde, promovendo a pesquisa e o desenvolvimento de novos tratamentos que possam oferecer melhores resultados para os envolvidos.

Desafios na implementação da medicina baseada em valor

Por outro lado, a implementação da medicina baseada em valor enfrenta uma série de desafios, especialmente no alinhamento da equipe com a gestão de mudanças e na falta de padronização de processos assistenciais.

Isso porque essa abordagem exibe mudanças na cultura de cuidados de saúde, valorizando os resultados e a experiência do paciente. Assim, exige tempo e requer um esforço coordenado por parte dos profissionais.

Ainda, também é um método que demanda tecnologias para acessar os dados dos indivíduos de maneira segura, permitindo as análises com base em informações qualificadas. Sem plataformas adequadas, pode ser mais difícil atingir esse objetivo.

O mesmo se aplica para a falta de padronização nas práticas clínicas, que dificultam a adoção da abordagem de maneira integral.

Esses obstáculos devem ser superados por meio de soluções integradas e tecnologias apropriadas para o formato.

medicina baseada em valor

Como aplicar a medicina baseada em valor em hospitais

Utilizando um software, a técnica conhecida como DRG realiza a categorização de pacientes hospitalizados em grupos homogêneos com base em sua complexidade de atendimento.

Um DRG é formado por uma combinação de informações do paciente extraídas de seu prontuário, incluindo:

  • O diagnóstico que motivou a internação
  • Quaisquer complicações ou comorbidades relacionadas
  • Procedimentos médicos e cirúrgicos realizados
  • Idade
  • Outras variáveis relevantes

Essa abordagem possibilita que os resultados do tratamento e o consumo de recursos sejam comparáveis e previsíveis, já que pacientes agrupados no mesmo DRG compartilham características clínicas e de risco similares. 

Como resultado, é possível prever o uso de recursos semelhantes, como o tempo de internação e a quantidade de insumos necessários.

Metodologia DRG e o foco em valor

Os DRGs são uma estratégia utilizada em todo o mundo para gerenciar a qualidade dos cuidados hospitalares e os custos associados a eles.

Ao agrupar os pacientes em DRGs, hospitais, provedores de saúde e equipes de assistência têm critérios pré-estabelecidos, como custos e tempo de internação previsto, para orientar a assistência, garantir uma resposta terapêutica adequada e estabelecer condições seguras para a alta hospitalar.

Essa abordagem possibilita a gestão eficiente de custos, a avaliação da qualidade dos serviços prestados, o monitoramento do desempenho de equipes multidisciplinares e a prevenção de erros e eventos adversos.

Os DRGs, também chamados de “produtos assistenciais” clínicos e cirúrgicos, permitem a adoção de programas de governança clínica que melhoram a qualidade da assistência à saúde, a experiência do paciente e reduzem os custos associados à assistência. Isso é o valor em saúde.

Combinada a práticas como governança clínica baseada em valor, uso de inteligência artificial e análise de dados e engajamento ativo das pessoas, a metodologia DRG é a base que sustenta a entrega de valor em saúde no país.

Assim, podemos afirmar que a metodologia DRG é o ponto de partida para a medicina baseada em valor.

Resultados da medicina baseada em valor em hospitais com base no DRG Brasil

O DRG Brasil foi responsável pela implementação bem-sucedida da medicina baseada em valor em instituições do país de diversos portes e naturezas.

Em 2017, a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte implantou o DRG Brasil em sete hospitais 100% SUS da capital mineira, alcançando resultados positivos na redução do tempo de permanência do paciente em internação e na queda de readmissões.

Em apenas um ano foi possível ofertar mais 20.400 internações hospitalares, mesmo havendo redução na contratação de leitos. Isso corresponde à construção de um hospital de 250 leitos, sem precisar mover um tijolo e sem gastar um real!

A metodologia se apresentou eficaz em setores especializados, como Maternidade. A Unimed de Belo Horizonte, por exemplo, também utiliza o DRG Brasil desde 2012, com resultados significativos, economizando mais de R$12 milhões.

Ela conseguiu reduzir em 40% suas taxas de readmissões, alcançando 83% na Neonatologia. Enquanto isso, obteve quedas no desenvolvimento de condições graves.

Mais recentemente, a Rede São Camilo de Hospitais, de São Paulo, adotou o DRG Brasil, desenvolvendo a medicina baseada em valor em três unidades.

As adesões de internação aumentaram, reduzindo o tempo de permanência no hospital para procedimentos bariátricos. Ainda, contribuiu para a redução no uso de opióides, priorizando a experiência e satisfação dos pacientes.

Vale a pena implementar a medicina baseada em valor?

A medicina baseada em valor é uma metodologia que vale a pena considerar em hospitais e operadoras, pelos benefícios que oferece, uma vez que o modelo atual de fee-for-service, baseado em volume, vai na contramão da sustentabilidade. 

Este modelo tradicional está sendo substituído pela saúde baseada em valor focada no paciente. A medicina baseada em valor é o único modelo sustentável para o futuro da cadeia produtiva de saúde, pois prioriza a experiência dos pacientes, promovendo abordagens personalizadas que otimizam o tratamento.

Dessa forma, diminui a quantidade de procedimentos desnecessários, reduzindo os custos da instituição e a exposição do indivíduo.

Por isso, é importante considerar esse método em hospitais, especialmente para aprimorar atendimentos e otimizar rotinas operacionais.

No entanto, vale reforçar que a implementação dessa abordagem também depende de algumas ferramentas, que contribuem para superar os desafios do processo, como a Plataforma Valor Saúde Brasil.

Com o DRG Brasil e com a Inteligência Artificial, transformamos dados em informações de qualidade para organizações de saúde e equipes multidisciplinares. 

Quer saber mais sobre a metodologia DRG pode impactar no valor em saúde? Entre em contato com os especialistas da plataforma Valor Saúde Brasil.

DRG hospital

Créditos/imagens:

Imagem de capa: nortonrsx by iStock

Imagem do meio do conteúdo: Natali_Mis by iStock

Posts Relacionados

Hospital Nossa Senhora das Graças reduz permanência média em 1 dia com DRG Brasil

Modelo Assistencial
11 de abril de 2024
leia agora

Notificação de eventos adversos: um guia para hospitais

Modelo Assistencial
28 de março de 2024
leia agora

Hospital Unimed Fortaleza economiza R$217 mil em custos com diárias de internação em leitos de UTI usando DRG Brasil 

Modelo Assistencial
26 de março de 2024
leia agora
QMS Certification

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.


(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital