Modelo Assistencial

Por que precisamos de Hospitais Amigos dos Idosos?

DRG Brasil
Postado em 10 de setembro de 2020 - Atualizado em 28 de setembro de 2023

Há grande oportunidade de melhoria assistencial desta população no Brasil, que é a mais susceptível aos eventos adversos graves e reinternações. Hospitais e Atenção Primária devem estar preparados.

A rápida transição demográfica no Brasil (o fim do chamado “bônus demográfico”) exige a pronta capacitação de médicos, equipes multidisciplinares e hospitais para o cuidado baseado em valor da população de idosos.

Um conjunto de mais de 2,5 milhões de internações avaliadas pela plataforma DRG Brasil mostrou, em 2019, que:

  • 23% das internações estão associados à população idosa
  • 37% dos custos hospitalares estão associados à população idosa
  • 47% dos eventos adversos estão associados à população idosa

A transição demográfica ocorre de maneira tão acelerada que dificulta a qualificação de profissionais e a implantação de um sistema de gestão hospitalar para o cuidado da dos idosos frágeis. A complexidade do cuidado é determinada pelas fragilidades da idade, múltiplos diagnósticos e pela polifarmácia.

O que se pode ver é uma grande oportunidade de melhoria assistencial desta população no Brasil. Ela é a mais susceptível aos eventos adversos graves e reinternações que resultam em grande perda de recursos pelas falhas assistenciais relacionadas à sua complexidade.

Atenção primária preparada para as questões relacionadas ao envelhecimento: mais que uma necessidade, uma emergência

O médico, professor e ativista Alexandre Kalache falou ao público da plataforma DRG Brasil sobre a importância de o sistema de saúde brasileiro estar preparado para as questões relacionadas ao envelhecimento, começando pelo aprimoramento da atenção primária a fim de estruturar um Hospital Amigo do Idoso.

A bandeira que o médico levanta é a de transformar a vida dos idosos por meio de um sistema de saúde que ofereça qualidade assistencial, segurança e sustentabilidade, baseadas no conceito do envelhecimento ativo, com ênfase na participação e no protagonismo da pessoa idosa.

“Temos que desenvolver uma cultura do cuidado para vocês, os idosos do futuro, até onde houver vida”

Alexandre Kalache

Desenvolver ações voltadas ao aprimoramento da atenção à saúde da pessoa idosa é primordial e urgente, assegurando:

  • Estrutura física e ambiência adequadas à pessoa idosa
  • Pessoas capacitadas para o cuidado
  • Engajamento e participação ativa do paciente idoso e seus cuidadores
  • Uma jornada segura e integrada do cuidado até a estabilização pós-alta
  • Sistema de gestão que garanta o PDCA assistencial

Dados levantados pela plataforma DRG Brasil demonstram que, de janeiro a julho de 2019, 36,8% de todas as internações codificadas foram de indivíduos acima de 60 anos. A média de permanência desses pacientes foi de 5,4 dias, o que representa um tempo 59% maior do que a média de todas as faixas de idade.

A incidência de eventos adversos graves, o número de diárias previníveis e o nível de desperdício também se mostram muito mais elevados para a faixa 60+, o que não é benéfico para ninguém, em especial para o paciente idoso.

Como a plataforma de valor em saúde DRG Brasil contribui para o cuidado qualificado de idosos?

O Hospital Amigo do Idoso propiciado pela plataforma DRG Brasil, alinhado às Diretrizes do envelhecimento da OMS, utiliza tecnologia baseada em Inteligência Artificial, Algoritmos e Analytics clínico-econômico para trabalhar a governança clínica geriátrica para entregar valor ao idoso frágil.

Os principais benefícios, além do atingimento dos 4 Alvos assistenciais, são:

- Fornecer acesso às equipes multiprofissionais e aos hospitais as competências e tecnologias necessárias para o cuidado da população idosa

- Diminuir eventos adversos graves e reinternações dos idosos frágeis

- Melhorar a segurança assistencial

- Reduzir a perda de recursos par tratar falhas preveníveis

- Melhorar a experiência do paciente e sua família

Sendo assim, o Hospital Amigo do Idoso transforma o modelo assistencial, a cultura e a governança clínica, de modo que todos na organização entreguem um cuidado seguro e centrado nas necessidades e expectativas do idoso e seus familiares. Afinal, este é o cerne do value-based healthcare (VBHC), ou do cuidado baseado em valor.

Live: por que precisamos de Hospitais Amigos dos Idosos?

A Dra. Juliana Duarte, médica geriatra e membro da Comunidade Acadêmica da plataforma DRG Brasil, participará de uma live da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, regional Rio de Janeiro, sobre o tema.

Duarte abordará a importância de o sistema de saúde brasileiro cuidar da trajetória hospitalar do idoso e de proteger e promover a longevidade da população. Falará sobre o risco hospitalar para essa faixa etária específica – utilizando os dados da plataforma DRG Brasil – como:

  • O aumento do tempo de permanência hospitalar da população idosa
  • A maior incidência de morbidade na população idosa
  • A maior incidência de mortalidade na população idosa

Além disso, a geriatra titulada pela SBGG falará de pontos do cuidado que merecem maior atenção para prevenção de desfechos indesejados, de novas estratégias e de oportunidade de melhorias.

A live será dia 14 de setembro, segunda-feira, às 19h, pelo canal do YouTube da SBGG RIO. Inscreva-se no canal para receber a notificação da transmissão ao vivo.

Posts Relacionados

Como aumentar a produtividade de equipes assistenciais em hospitais?

Modelo Assistencial
16 de maio de 2024
leia agora

Hospital Santo Antônio usa DRG Brasil para melhorar atendimento nas linhas de cuidado de pacientes com asma e sepse

Modelo Assistencial
3 de maio de 2024
leia agora

Codificação clínica: o que é e qual a real importância?

Modelo Assistencial
3 de maio de 2024
leia agora
QMS Certification

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.


(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital