Ecossistema

Cultura organizacional em hospitais: como focar na qualidade

Marcos Favero
Postado em 29 de maio de 2024

Em um ambiente tão sensível quanto um hospital, a cultura organizacional desempenha um papel crucial e a implementação e manutenção de uma cultura sólida e voltada para a qualidade não são tarefas simples. 

É preciso um esforço conjunto de toda a equipe, desde os médicos e enfermeiros até os gestores e administradores, para garantir que os valores e objetivos da instituição sejam efetivamente incorporados ao dia a dia. 

Neste artigo, exploraremos como focar na qualidade pode ser a chave para fortalecer a cultura organizacional em hospitais, oferecendo não apenas um ambiente de trabalho mais satisfatório, mas também um atendimento de excelência aos pacientes. 

Venha conosco nesta jornada para descobrir estratégias, práticas e insights valiosos sobre como promover uma cultura organizacional verdadeiramente eficaz no contexto hospitalar.

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional refere-se aos valores, normas e hábitos adotados por uma empresa para alinhar os comportamentos dos colaboradores dentro do ambiente corporativo. 

Funciona como um guia que orienta decisões e comportamentos em todos os setores de uma organização, influenciando também a maneira como a empresa se relaciona com seus clientes.

Promover uma cultura organizacional robusta é uma das estratégias mais importantes para garantir que os profissionais se sintam motivados e satisfeitos em fazer parte da equipe. 

No contexto hospitalar, a cultura organizacional significa que a instituição possui valores que orientam suas atividades e a atuação de seus profissionais. Isso inclui focar na satisfação e produtividade da equipe, fornecendo autonomia e incentivando o desenvolvimento de novas habilidades. 

Para que essa proposta seja eficaz, deve estar integrada ao cotidiano de todos os setores do hospital, envolvendo desde os profissionais de saúde até os gestores e administradores.

Como a cultura funciona na realidade hospitalar?

Nos hospitais, a cultura organizacional deve ser uma parte integral do dia a dia, permeando todos os setores, desde a segurança e assistência até a alta gestão médica. Para isso, é crucial ser transparente e comunicar claramente os valores, a visão e os objetivos da instituição. 

Quando todos entendem e compartilham a missão do hospital, a motivação aumenta, e a produtividade se eleva.

Assim como as pessoas, as instituições têm uma identidade única, que influencia diretamente os resultados de suas ações. Essa identidade cultural pode ser dividida em três níveis:

PressupostosValores CompartilhadosArtefatos
Os pressupostos incluem as crenças e sentimentos inconscientes, mas presentes, que são fundamentais para a “forma de ser” de uma organização. No ambiente hospitalar, esses pressupostos se manifestam na maneira como os profissionais se comportam e interagem, nos sentimentos compartilhados que promovem um impacto positivo no cuidado ao paciente e na colaboração entre equipes.Os valores compartilhados são as normas e princípios que guiam as ações da equipe. Em um hospital, isso pode significar trabalhar com um propósito claro e significativo, como a dedicação ao bem-estar do paciente e a busca contínua pela excelência em saúde. Quando os profissionais acreditam nos mesmos valores e veem que a instituição investe em seu desenvolvimento, isso fortalece a tomada de decisões e cria um ambiente de trabalho mais motivador e identificável.Os artefatos são os elementos tangíveis e visíveis da cultura organizacional, como a estrutura física do hospital, símbolos, práticas de gestão, serviços, histórias e padrões. Esses artefatos criam um ambiente de trabalho adequado, fornecendo as condições necessárias para que a equipe desempenhe suas funções de maneira eficiente. Um hospital bem estruturado, com instalações modernas e recursos adequados, facilita a entrega de cuidados de qualidade e sustenta toda a atividade da instituição.

Por que pensar em cultura organizacional é fundamental para hospitais?

A cultura organizacional reflete a ética e a moral da instituição hospitalar, orientando naturalmente os caminhos a serem seguidos. Ela guia decisões e prepara a organização para o futuro

Quando a cultura se torna parte da essência organizacional, cria incentivos positivos para os colaboradores, melhorando a produtividade e o posicionamento da instituição no mercado. Assim, os colaboradores podem se concentrar nas tarefas a serem desenvolvidas da melhor forma possível, sem se preocupar com questões externas.

No ambiente hospitalar, médicos, enfermeiros e técnicos lidam diariamente com pacientes e tomam decisões continuamente, pautadas na gestão de riscos. Portanto, é crucial que eles prezem pelo bem-estar dos pacientes, agindo de forma correta e em conformidade com as normas e regulamentos. 

Eles são responsáveis por garantir a qualidade e a satisfação dos atendidos. Ao reconhecer a importância da cultura organizacional e investir nela, um hospital pode alcançar diversas vantagens, como:

  • Competitividade no mercado;
  • Redução de custos;
  • Aumento da produtividade dos colaboradores;
  • Fortalecimento da imagem da instituição;
  • Melhoria nos índices de produção;
  • Alinhamento entre os membros da equipe;
  • Direcionamento para metas e políticas de relacionamento;
  • Ajuda na atração e retenção de talentos;
  • Aumento do comprometimento e satisfação dos colaboradores.

Portanto, uma cultura organizacional bem estabelecida ajuda a construir um senso de pertencimento e responsabilidade entre os profissionais, permitindo que cada um compreenda seu papel dentro da instituição, o que aumenta as chances de crescimento da organização. 

Por fim, uma cultura forte resulta em menores taxas de rotatividade, maior sucesso na atração de talentos e redução no índice de absenteísmo, contribuindo para um ambiente de trabalho mais saudável e eficiente.

Como promover a cultura organizacional em hospitais?

Promover uma cultura organizacional em hospitais é essencial para garantir um ambiente de trabalho harmonioso, eficiente e focado na qualidade do atendimento. 

Para isso, é necessário adotar estratégias que envolvam todos os níveis da instituição, desde os profissionais de saúde até os gestores. Aqui estão algumas práticas fundamentais para cultivar uma cultura organizacional sólida em hospitais.

Engajamento das equipes do corpo clínico

O engajamento das equipes é crucial para internalizar as mudanças culturais e fortalecer o sentimento de trabalho em conjunto. Isso gera maior empenho para alcançar os objetivos do hospital. Implementar a Governança Clínica é uma excelente maneira de envolver todos os profissionais em uma rotina de trabalho aprimorada. 

Reuniões regulares que incluam todas as áreas de apoio são essenciais para discutir melhorias e alinhar as expectativas. Esse processo colaborativo aumenta a motivação e o compromisso de todos com os objetivos institucionais.

Focar na jornada do paciente

Garantir uma mudança na cultura organizacional exige transformar os padrões de qualidade e segurança, com foco na jornada do paciente. Isso envolve melhorar a comunicação e o trabalho em equipe, assim como realizar uma reorganização estrutural que esteja alinhada a esses objetivos. 

Um hospital que coloca o paciente no centro de suas operações está mais preparado para proporcionar um atendimento de excelência. Melhorar a experiência do paciente não apenas aumenta a satisfação, mas também reforça a confiança e a lealdade dos pacientes.

Adoção da cultura da qualidade

Uma cultura organizacional voltada para a qualidade é essencial para sustentar os esforços de melhoria contínua. Esse compromisso com a qualidade deve ser compartilhado por toda a equipe, desde os profissionais de saúde até os gestores e administradores. 

Investir em treinamentos e capacitação é fundamental para que todos estejam alinhados com os padrões de qualidade. Promover uma comunicação aberta e transparente também é crucial para garantir que todos entendam suas responsabilidades e se sintam parte do processo de melhoria contínua.

Quando a qualidade se torna uma prioridade em todos os níveis da organização, os hospitais podem alcançar níveis mais elevados de eficiência administrativa e proporcionar cuidados de excelência aos pacientes. 

Isso não apenas melhora os resultados clínicos, mas também fortalece a reputação da instituição no mercado. Portanto, investir na cultura organizacional é investir no futuro do hospital e na saúde dos pacientes.
Gostou do nosso conteúdo até aqui? Confira como a gestão da qualidade pode ser uma aliada na gestão de pessoas.


Imagem de capa: Dragana991 by iStock

Posts Relacionados

52% dos hospitais listados no The World’s Best Hospitals in Brazil 2024 usam a plataforma Valor Saúde Brasil

Ecossistema
1 de abril de 2024
leia agora

Fhemig lança Manual de Governança do DRG para auxiliar dia a dia de trabalho na Fundação

Ecossistema
21 de março de 2024
leia agora

Estão abertas as inscrições para o curso Governança Clínica Baseada em Valor, da ONA, que terá cofundadores da plataforma Valor Saúde Brasil como professores

Ecossistema
25 de janeiro de 2024
leia agora
QMS Certification

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.


(31) 3241-6520 | grupoiagsaude@grupoiagsaude.com.br

Creative Commons

Direitos autorais: CC BY-NC-SA
Permite o compartilhamento e a criação de obras derivadas. Proíbe a edição e o uso comercial. É obrigatória a citação do autor da obra original.

Os Termos de Uso e a Política de Privacidade deste site foram atualizados em 05 de abril de 2021. Acesse:
© ‎Grupo IAG Saúde® e DRG Brasil ® - Todos os direitos são reservados.
Logo Ingage Digital